Seja para ter um imóvel ou um veículo, um consórcio pode ser muito útil para contribuir com seus sonhos. Porém, é preciso entender o máximo possível de como ele funciona, desde seu início até sua conclusão.

É por isso que realizamos este artigo explicando tudo sobre o que é um consórcio; como ele funciona, seus tipos e qual é a melhor administradora do momento. Desta forma, você ficará preparado para entrar em um e ver seus objetivos ficarem cada vez mais próximos.

O especialista Fabírcio Lomonaco, CEO da ConsorcioCred, uma empresa que trabalha na área a mais de 20 anos, explica o que é consórcio, como foi criado, para o que serve e quais são os benefícios deste produto:

O consórcio é um produto super inteligente, criado no Brasil, justamente em função de sermos um país instável financeiramente. Isso porque o consórcio é um produto flexível que se adapta as circunstâncias da economia nacional e as as subjetividades de quem está a procura de um crédito, podendo assim contornar as dificuldades impostas por sermos um país ainda em desenvolvimento.

No ano de 2020, a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC) registrou um total de 7,83 milhões de participantes ativos e 3 milhões de cotas comercializadas. No ano seguinte, a Revista Forbes noticiou que o setor de consórcios apresentava crescimento constante, mesmo em meio à pandemia. Os dados da notícia afirmam que o setor contou com um crescimento de 13,5% ao ano.

Atualmente vivemos um cenário incerto de taxa de juros, inflação e política de crédito. Nessa perspectiva, o consórcio vem com o objetivo de através de uma junção de pessoas possibilitar a aquisição do crédito para cada um individualmente todo mês.

O que é um consórcio?

Um consórcio é um dos meios que existem para se conseguir adquirir um bem o serviço de alto custo. Basicamente é um grupo de pessoas que se reunem para formar uma poupança comum, que tem como objetivo final a aquisição de uma casa ou um carro, por exemplo. Essas pessoas podem ser tanto físicas como jurídicas.

O consórcio é uma modalidade voltada sempre para quem deseja acessar o mercado de consumo, isto é, ele é feito para as pessoas que pretendem adquirir um produto, seja ele móvel, imóvel ou até mesmo qualquer tipo de serviço.

Conceitualmente, o consórcio apresenta uma ideia bastante simples e rentável para os seus clientes, que é o autofinanciamento de um determinado bem.

Algumas empresas e bancos explicam o consórcio como uma poupança coletiva, onde as pessoas desejam adquirir um determinado bem comum, e por isso, abrem uma espécie de poupança coletiva.

Sendo assim, todos os participantes desta poupança conjunta, que no caso é o consórcio, tem o direito de comprar esse determinado bem, dentro de um prazo determinado.

Entretanto, é importante ressaltar que o consórcio pode contemplar diversos produtos, como por exemplo, a compra de bens móveis, imóveis e até mesmo serviços. Um dos detalhes mais importantes acerca dos consórcios é que eles são gerenciados pelas administradoras de consórcios, que são instituições reguladas e fiscalizadas pelo Banco Central para realizar estas atividades.

Conceito de consórcio

A palavra consórcio tem origem latina e significa “parceria”, sociedade ou associação, sendo derivada de “Consors”, que significa “parceiro”. Além disso ela é formada por “con” (juntos) e “sores” (destino).

Por isso, representa a ideia de um meio conjunto para se chegar ao destino.

Como funciona um consórcio?

Agora que você já sabe o que é um consórcio, precisa entender de forma bem clara seu funcionamento. No começo pode parecer um pouco complicado, porém é muito mais simples do que parece.

Na prática, o consórcio funciona da seguinte maneira: os membros do grupo realizam o pagamento de parcelas para formar o fundo monetário que irá permitir a compra do bem desejado, dentro do prazo e da cota estabelecida.

Dessa forma, a administradora do consórcio realiza o sorteio de parte do fundo, disponibilizando um valor para um ou mais integrantes realizarem a aquisição do item.

Dependendo da empresa e do seu consórcio, é possível que outros integrantes deem um lance, podendo ser contemplados também.

Como funciona um consórcio?

Este lance consiste na antecipação de parcelas que o consorciado pode fazer em assembleia para ser comtemplado, funcionando como uma espécie de leilão, onde a maior proposta ganha.

Assim, os lances são avaliados pela assembleia, verificando a competitividade e a viabilidade da proposta.

Vale destacar que em um consórcio, bem diferente dos financiamentos tradicionais, onde é preciso reunir diversos comprovantes e documentos, é preciso apenas apresentar seus documentos pessoais (como CPF e RG) e um comprovante de renda atual.

Nesse sentido, a adesão ao consórcio acontece a partir da assinatura do contrato de participação, onde serão descritas todas as regras do consórcio, quantidade de cotas disponíveis, periodicidades, valores e demais informações.

Como entrar em um consórcio?

Para entrar em um plano de consórcio você deve comprar uma cota, e assim, passar a ser membro deste grupo. Esse grupo pode ser formado por pessoas físicas ou jurídicas que possuem a meta de adquirir um bem. Este bem pode ser material e/ou um bem de serviço.

Pagando as parcelas do consórcio

O valor total da consórcio é parcelado de acordo com o prazo de pagamento do plano. Mensalmente, os membros do consórcio pagam suas parcelas, o que acaba formando o que é chamado de “saldo de caixa”, que serve para contemplar os integrantes ao longo da duração do grupo em questão.

Contemplando o consórcio

Todas as pessoas que entram em um consórcio esperam por este momento: a contemplação. E isto ocorre quando o consorciado consegue o direito de utilizar o que chamamos carta de crédito para realizar a compra do bem em questão(saiba mais).

Essas contemplações acontecem mensalmente em assembleias com todos os membros, do início até o fim do grupo em questão. Elas podem ser feitas de duas formas: por sorteio ou por lance.

Como funciona o sorteio do consórcio

A contemplação por sorteio é o método mais simples e convencional de um consorciado ser contemplado pela carta de crédito. Nela, todos os membros do grupo que ainda não foram contemplados participam.

Nestes sorteios irão existir dois números, um referente ao grupo e o outro à cota. Hoje na maioria das vezes os sorteios são realizados ao vivo de forma automatizada.

Como funciona o lance do consórcio

Neste caso o consorciado pode ofertar lances em troca da carta de crédito. É interessante que ele se prepare para isso poupando e se informando com outros consorciados. Estes lances são ofertados antes de ser feito o sorteio.

Existem três tipos de lances que podem ser feitos: Fixo, Livre e Embutido.

O lance fixo é quando a Administradora define em contrato um valor mínimo para oferta. Além disso, ele não pode ser maior que o valor total das mensalidades que ainda estão para vencer. Isso porque esse montante é descontado das parcelas que ainda restam.

Já os lances livres devem ser anunciados antes do sorteio da administradora. Ele é feito por parte do consorciado que deseja dar um lance junto com o valor dele. Em outras palavras: o quanto pretende acrescentar além da mensalidade.

Esse lance tem como objetivo contemplar quem oferecer a antecipação de pagamento do maior número de mensalidades possível. Quem assim fizer, leva o prêmio.

Por fim, o último tipo de lance, o Embutido, serve para que o consorciado use um certo percentual do valor total da carta de crédito para realizar o lance. Este valor é descontado da carta.

Com isso, o consorciado pode comprar um bem com o valor inferior. Ele pode ser usado também como parte dos lance livres ou fixos. Ou seja, o consorciado pode oferecer uma porcentagem da sua carta de crédito, mais um valor vindo do seu próprio bolso.

Qual o consórcio mais fácil de ser contemplado?

Para saber isso o consumidor precisa entender primeiro a saúde financeira da Administradora e do grupo em que ele está inserido. Se você está em uma Administradora com um grupo saudável, de baixa inadimplência e um alto número de pagantes, você consegue um maior número de contemplações por mês. Com um número maior de contemplados, suas chances aumentam drasticamente e o prazo para poder adquirir seu bem diminui!

O que se recebe no final do consórcio?

O que se recebe no final do consórcio? Depois de ser contemplado em um plano de veículo, por exemplo, depois de ser contemplado você vai na concessionária pegar o carro ou recebe um documento? Como funciona?

Após a contemplação da cota, você tem direito ao crédito contratado através de uma carta de crédito. Isto é, com ela você pode tanto adquirir o bem dentro das possibilidades de utilização, ou eventualmente se for da sua vontade receber o crédito em espécie depois de 180 dias da contemplação.

Qual o tempo máximo para ser contemplado em um consórcio?

Isso vai depender de uma série de fatores. O tempo máximo seria o pagamento da ultima parcela. Mas claro que você pode antecipar essa contemplação de diversas formas. A antecipação da contemplação pode ser por lance ou por sorteio.

Se você contratar um consórcio em um plano de 80 meses, não existe a possibilidade de você ser contemplado depois desses 80 meses, esse o prazo máximo.

Comprando o bem após ser contemplado

Assim que o crédito for contemplado, o consorciado poderá escolher o bem que quer comprar, claro que dentro da categoria do seu grupo (imóvel ou móvel).

A carta de crédito, o que ele recebe ao ser contemplado, é equivalente ao dinheiro à vista. Por isso, ele terá mais poder de negociação. Depois disso, ele deve continuar a pagar todo mês até o fim do plano.

Quando se passar todo esse período, o consórcio é encerrado. Mas, isso só ocorre quando tudo foi pago e o consorciado conseguiu sua carta de crédito.

Qual é a taxa de Administração do consórcio?

A taxa de administração é a remuneração da Administradora. É o percentual que ela vai ter de remuneração para gerenciar aquele grupo de consorciados ao longo do prazo estipulado no plano. Vamos supor que você tenha um grupo de 100 meses com uma taxa total de 18%, o consorciado irá pagar aquela taxa dividida por todo o decorrer daqueles meses.

Uma taxa hoje de imóvel vai variar de 18% a 25% a depender da Administradora, e uma taxa de veículo irá variar de 12% a 15%, também a depender da Administradora que gerencia o grupo.

Aa taxas variam de acordo com a administradora e com o tipo de produto que você está adquirindo. Quanto maior o valor contratado, menor a taxa do contrato.

Algumas Administradoras cobram também um fundo de reserva, que você paga alem da taxa para suprir qualquer inadimplência ou emergência em nome de um consorciado que desistiu ou atrasou suas parcelas. Esse valor é devolvido no final do grupo.

O que é a taxa de adesão?

Poucas administradoras cobram taxa de adesão. Uma das que cobra é a Porto Seguro, que tem uma taxa de administração mais barata que outras concorrentes, porem em compensação cobra uma adesão para você entrar no grupo. Essa taxa de adesão varia de 1,5% a 2%. No final da operação, devido a isso diminuir a taxa de administração, você consegue diminuir o valor total gasto na operação de crédito.

Como funciona a correção no consórcio?

A correção dos valores no consórcio existe tanto para veículo quanto imóvel. Geralmente nas cotas não contempladas de veículo o reajuste ocorre de acordo com a tabela de um fabricante. Quando você contrata você tem um bem base. Quando o valor desse bem muda na fabrica, sua parcela vai reajustar para que você tenha uma equivalência do poder de compra na sua contratação.

Nos consórcios de imóvel, geralmente, os índices são ou o IPCA ou o INCC. O reajuste ocorre uma vez por ano, no aniversário da cota, com o o valor apurado dos últimos 12 meses baseado nos indexadores mencionados.

O que é a administradora do consórcio?

A Administradora é a empresa, que é regulamentada pelo Banco Central, responsável por gerir os participantes, coletar os valores e efetivar as contemplações de cada grupo.

Através de boas práticas a Administradora deve cuidar dos recursos do grupo da melhor maneira possível, gerenciando os consorciados e os recursos que lhes foram confiados, dando total segurança ao processo.

O número de participantes vai depender do porte de cada Administradora. Um dado interessante é que esse ano o Brasil passou dos 8 milhões de consorciados, somando um mercado de 250 bilhões de reais que vem crescendo a uma taxa de 10 a 15% ao ano, na contramão dos outros setores da economia.

Qual a melhor e a pior Administradora?

Saber qual a melhor e a pior administradora de consórcio é um fator decisivo na contratação do produto. A melhor é aquela que trata bem o cliente, com uma central de atendimento que da uma resposta rápida, com um processo de faturamento fácil e desburocratizado, promovendo uma boa experiência pro cliente no momento da utilização do crédito.

O consórcio é um produto de planejamento financeiro. Você contrata e vai pagando para utilizar o crédito em um momento futuro. Pensando nisso, a melhor Administradora de consórcio é aquela que tem menos burocracia e um processo ágil, facilitando a vida do cliente na hora de realizar seu objetivo, afinal, esse o fim do consorcio, facilitar a vida do cliente.

Uma boa administradora é a que promove uma experiência satisfatória ao cliente.

Muitas vezes as Administradoras acabam sendo os próprios grandes bancos do País, que são instituições financeiras fortes e consolidadas onde normalmente se tem uma maior certeza de instabilidade econômica.

Pensando nisso, a melhor administradora de consórcio na opinião da ConsorcioCred é a Porto Seguro, que tem os processos mais seguros e agilizados do que as outras. Afirmamos isso com a experiência de quem já adquiriu consórcios de mais de centenas de administradoras diferentes.

O que considerar na hora de adquirir um consórcio?

É muito importante ficar atento a todas essas dicas na hora de adquirir um consórcio ou simplesmente para entender sobre o assunto. Por isso, fique atento aos próximos tópicos e faça uma aquisição segura seguindo essas dicas.

Pesquisar

Primeiramente, antes de qualquer coisa, é muito importante que você confira no site do Banco Central se a administradora em questão está autorizada pelo órgão a fazer esse tipo de operação comercial dentro do mercado.

Além disso, vale muito a pena também investigar a fundo a reputação da administradora que você tem interesse antes de fechar qualquer contrato. Uma dica é procurar reclamações no Reclame Aqui e falar com pessoas que já foram consorciadas.

Pode parecer chato e desnecessário, mas, fazer isso pode te poupar de muitos problemas lá na frente. Sem dúvidas, é um tempo que se deve reservar para se prevenir de dores de cabeça.

Entender o contrato do seu consórcio

É realmente fundamental que você tenha totalmente a noção do que encontrará no consórcio. Isso porque assim você irá escolher o que será melhor para o seu bolso e suas necessidades.

Quando se assina um contrato, você está automaticamente assumindo uma responsabilidade legal com a outra parte envolvida. Sendo assim, todo cuidado é pouco para evitar um problema mais para frente.

Não tenha medo de perguntar, questionar e buscar outros tipos de auxílios na hora de se assinar um contrato. Além disso, ler bem atentamente o documento também é importante.

É no contrato que contarão algumas informações importantes para a boa condução do trabalho, como: o valor do crédito contratado, o valor das prestações mensais, o prazo para o pagamento, as condições para a contemplação, todos as taxas, direitos e deveres e valores do reajuste.

Tudo isso e mais ainda outras coisas devem sim ser conversadas e questionadas. Não há nada de errado em perguntar agora para não se aborrecer depois. Isso faz parte do negócio.

Ter cuidado com falsas promessas

Infelizmente existem muitos vendedores de consórcios que só pensam em fechar o mês com as metas batidas, por isso, prometem mundos e fundos para os clientes. É mais comum do que se imagina.

Por isso, é bom verificar se o vendedor é autorizado para realizar a operação. Promessas do tipo “você irá ser contemplado se pagar mais agora” ou “não precisa pagar mais após ser sorteado” são comuns de se ouvir, tome cuidado.

Abordando melhor a questão do sorteio: é impossível e inviável que alguém possa garantir se você será sorteado rapidamente, ou quando será. Isso porque todos os consorciados possuem condições igualitárias nas assembleias mensais.

Ficar atento às taxas do seu consórcio

Uma das grandes diferenças de um consórcio para um financiamento são os juros. Tirando os casos de inadimplência, um consorciado não paga juros durante todo o negócio. O que é cobrado é uma taxa de administração.

Essa taxa é mais barata que um juros, o que torna um consórcio algo mais atrativo e que saia mais em conta. Porém, é preciso verificar e comparar todas as taxas antes de fechar um negócio.

Isso porque assim você garante o melhor custo-benefício, escolhendo o plano mais barato. Avalie também o tipo de bem que você pretende ter vendo se ele é do seu perfil.

Não se deixe enganar pela Administradora

É comum as empresas te questionarem qual carro, ou outro tipo de bem você tem o desejo de adquirir com o consórcio. Eles podem ter algumas razões para eles fazerem isso com você.

Pode ser apenas para usarem essa informação para estipular algum valor de crédito para que você possa ser consorciado. Entretanto, outras administradoras podem usar isto para tentar emplacar uma venda de um item específico.

E isso não é legal, já que a ideia do consórcio é você conseguir uma carta de crédito no valor que você paga. Isso te dá mais liberdade, caso mude de ideia ou queria desistir do negócio.  O consórcio deve oferecer a carta de crédito, não o item em si.

Afinal, o tempo passa e é provável que novas versões, como por exemplo veículos, possam surgir e você se interesse por elas. A intenção de um consórcio é também dar uma certa liberdade para o consorciado.

Simule

Sempre que for assinar algum contrato, faça antes uma simulação. Isso é muito importante para você se imaginar e prever como será sua vida financeira a partir deste novo compromisso.

Você pode fazer isso utilizando alguma ferramenta que, geralmente, as administradoras oferecem ou você também pode conversar com algum dos consultores da ConsorcioCred, que vão estar sempre disponíveis para te ajudar nessa situação.

Como já foi mostrado aqui, cuidado nessas horas nunca é demais. Às vezes você está seguro de que consegue pagar o consórcio, porém na hora da simulação percebe que o valor não era o imaginável. Nessas horas a simulação é muito útil.

Respeite seu bolso

Sempre respeite o seu bolso. Nunca faça nenhuma loucura ou gaste mais do que tem. Antes de entrar em um consórcio, verifique se você realmente terá condições de pagar as parcelas.

Segundo especialistas em finanças pessoais, não é recomendável ultrapassar 30% do valor que você ganha mensalmente com parcelas dos bens.

Uma boa dica é sempre que, ao chegar ao valor da parcela final, deixar um espaço entre o que você ganha e o que pode gastar. Assim se evita que as parcelas comecem a não serem pagas se caso ocorra algum imprevisto, evitando assim também a ocorrência de juros.

Além disso, você pode criar uma planilha no Google ou Excel para controlar todos os seus gastos. Desde alimentação até outro, e claro, as parcelas do consórcio. Organizando isso, a chance de você se complicar é muito pequena.

Produtos do consórcio

Agora que você já entende o que é o consórcio e como ele funciona, vamos falar sobre os produtos de um consórcio.

Conhecer os produtos disponíveis é o primeiro passo para saber tudo sobre consórcio.

Sendo assim, saiba que existe um hub de consórcios bastante interessante, contemplando produtos como imóveis, veículos de pequeno e grande porte e atualmente também conta com sustentáveis e serviços.

Estatisticamente, o consórcio de veículos é um dos mais procurados pelos clientes, correspondendo a 83% dos contratos existentes, de acordo com o InfoMoney.

Assim, vamos falar sobre estes produtos e cada uma de suas possibilidades:

Consórcio de Imóveis

O consórcio de imóveis possibilita a compra de casas, apartamentos, terrenos ou até mesmo um valor para a construção ou reforma de um imóvel.

Sendo assim, o diferencial do consórcio de imóveis está nas parcelas acessíveis e na taxa de juros que é bem inferior a de um financiamento imobiliário, além de planos voltados para objetivos específicos.

Dessa forma, cada consórcio pode ter um valor base ou o próprio cliente pode solicitar o valor desejado.

Consórcio de Veículos

O consórcio de veículos é um dos produtos mais populares, já que oferece muitas vantagens para o cliente e facilita a realização do sonho do veículo próprio.

Assim, o diferencial do consórcio de veículos é a possibilidade de ter tanto um veículo de passeio quanto um veículo de grande porte, como por exemplo, um caminhão.

Consórcio de serviços

O consórcio de serviços é bastante útil e disseminado pelo país, atigindo uma gama imensa de possibilidades

Com um consórcio de serviços você pode contratar as atividades profissionais das mais diversas. Existe a opção de consórcio de serviços para casamentos, viagens, procedimentos estéticos, cuidados de saúde, e por aí vai!

Consórcio de Sustentáveis

Por último, mas não menos importante, existe a opção do consórcio de sustentáveis, voltado para a instalação de projetos de energia solar tanto para a casa quanto para a empresa ou para a aquisição de bikes.

O que é melhor: Consórcio ou financiamento?

Por que o consórcio é melhor que um financiamento? Essa é uma dúvida que todos tem. Qual sai mais em conta?

Essa é uma pergunta complexa que terá varias respostas diferentes a depender do cenário. O consórcio é um produto de planejamento financeiro para quem não tem pressa, não tem entrada ou já tem um objetivo traçado na cabeça.

Se você tem um objetivo mas não tem entrada para aquela operação, pode optar tanto pelo consórcio quanto pelo financiamento. O segredo é comparar cenários para ver qual é mais vantajoso.

O financiamento vai te exigir um pequeno percentual de entrada, mas também vai te proporcionar algumas facilidades como o desconto na taxa caso você adiante a amortização. Se você pretende pagar em em curto prazo, talvez o financiamento irá valer mais a pena para você. Agora se você realmente quer pagar de maneira planejada, a longo prazo e não possui entrada, o consórcio irá valer mais a pena para você!

Qual é melhor: Consórcio novo ou Carta de Crédito?

Antes de mais nada, uma coisa deve ficar clara na sua mente: o que é carta de crédito. A Carta de Crédito é o documento que você recebe do consórcio. Ela contém o valor total acordado e serve para você comprar o bem.

Você sabia que é possível comprar carta de crédito contemplada? Isso mesmo, é possível adquirir, por um valor ou parcelas, a tão sonhada carta de crédito.

Não é necessário passar por todo o processo, comprando uma carta de crédito contemplada você já fica muito próximo do seu sonho.

Benefícios do consórcio

Veja as vantagens a seguir:

Sem dor de cabeça – Você não precisa perder tempo procurando uma administradora, vendo se ela é confiável. Comprando uma carta de crédito contemplada você já adquiri o crédito.

Não precisa esperar – Chega de sorteios, lances, assembleias e burocracia. Comprando uma Carta de Crédito, você já tem nas mãos a contemplação de um consórcio.

Só os melhores consórcios – Escolha aquela carta de crédito que cabe no seu bolso. Sem surpresas. Tenha total noção e controle na hora de entrar neste negócio.

Existem muitas empresas que fazem isso. Elas vendem Cartas de Crédito por preços, entradas e certas taxas. Vale frisar que estas empresas não são administradoras, como listamos acima. Elas são compradoras e vendedoras de crédito.

Sem dúvidas, hoje, o melhor lugar para se comprar uma carta de crédito é na ConsorcioCred. Com as menores taxas do mercado, a ConsorcioCred oferece diversas opções para seus clientes.

Desde carros, imóveis, motos e caminhões, você encontra consórcios das melhores administradoras a sua disposição.

Como fazer uma boa contratação de consórcio?

É fundamental que na hora de fazer a contratação de um consórcio você tenha um consultor especializado te auxiliando na contratação para entender a operação ideal que deve ser feita e qual as suas necessidades e objetivos. Sempre ter uma Administradora de confiança por trás da operação, uma empresa sólida, idônea e confiável.

Sempre é importante se apoiar no conhecimento de quem tem experiência no assunto. Pensando nisso, vale a pena procurar um consultor especializado no assunto para te assessorar e dar segurança para o que você precisar.

A ConsorcioCred está aqui para orientar, ajudar e apoiar. Nosso propósito é simplificar e facilitar as negociações de consorcio em todo o Brasil melhorando a vida as pessoas. Nós queremos levar uma informação de qualidade e ajudar o cliente.

Muitas vezes maus profissionais acabam manchando a imagem do produto consórcio, e nós estamos aqui para ir na contramão disso, oferecendo um serviço de qualidade para que o cliente possa se apoiar na ConsorcioCred para aquilo que ele precisar dentro do segmento de consórcio.

Para mais informações, entre em contato conosco e fale com um de nossos especialistas em consorcio.

Ligue agora: (11) 3105-3500 ou entre em contato pelo Whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *