Quais são as perspectivas para o mercado de consórcios em 2021 quando falamos de taxa de juros? Um fato é que temos uma taxa Selic atualmente estipulada em aproximadamente 2%, a taxa mais baixa de toda a história do nosso país. Com esse cenário, o que tem sido visto é o valor dos financiamentos imobiliários diminuindo e as análises de crédito sendo aceitas com maior facilidade. Atualmente temos operações de financiamento sendo anunciadas a um juros de 5%, taxa efetiva na casa dos 6,5%, e a pergunta que fica é: Até quando os juros vão permanecer nesse patamar de valor? Qual o impacto disso no mercado de crédito com financiamento e consórcios?

Porque os juros devem subir em 2021 e 2022?

O Brasil passa por um momento de forte desconfiança. A pandemia tem acabado com a economia do país. O PIB brasileiro tombou 4,1% em 2020, registrando a maior contração desde o início da série histórica atual do IBGE, iniciada em 1996. Segundo levantamento da agência de economia de classificação de risco, Austin Rating, o Brasil ja não faz mais parte do estimado posto das 10 maiores economias do mundo. Ou seja, temos um cenário onde o Brasil tem uma série de providencias a serem tomadas do ponto de vista politico, fiscal, as reformas tributarias, administrativas e politicas ainda nem foram pautadas da forma certa no congresso. A partir disso, conclui-se que o país encontra-se num ambiente de muitas incertezas para o juros permanecer no patamar atual de valor. O país precisa de dinheiro e investimento, e quem pagará a conta serão os juros e a inflação. Dado isso, fica estipulado um aumento significativo na taxa Selic para sesse ano, podendo até mesmo, dobrar.

Os juros subiram, qual o problema?

Juros subiram, e agora?

Muitas vezes, se você faz uma operação de crédito não fixada, você não possui nenhuma garantia que durante a vigência daquele contrato os juros irão permanecer até o fim no mesmo patamar de valor. Se a operação não é prefixada, os valore são, na maioria das vezes, atrelados a poupança, o que torna o cenário extremamente perigoso para o financiamento, devido a provável alta dos juros nesse ano. A pessoa que estiver fazendo um financiamento agora, deve ficar muito atenta a isso, pois os valores calculados hoje podem mudar drasticamente, não se enquadrando mais na sua renda mensal, e tornando aquela operação nem um pouco vantajosa ao comparar o valor total pago no final daquela operação de crédito.

Consórcio como solução para esse problema

Dado que o cenário do patamar da taxa de juros ainda é muito incerto para esse ano e o próximo, o consórcio, que já tem muita atratividade por não ter juros, se tornará ainda mais atrativo! Atualmente, mesmo com a taxa Selic mais baixa de toda a história do nosso país, mesmo com valor dos financiamentos imobiliários diminuindo e as análises de crédito sendo aceitas com maior facilidade, o consórcio ainda vale muito a pena para as outras operações que ele consegue atingir. São elas: compra de imóvel rural, residencial, construção, reforma ou até mesmo capital de giro. É um produto extremamente bacana dentro desse ambiente. A tendencia é que nos próximos meses e anos, esse cenário se torne ainda mais atrativo e abranja ainda mais utilidades que possam ser realmente compensatórias na ponta do lápis. Então as perspectivas para o mercado de consórcio são muito positivas, dado que esse patamar de taxa de juros atual não vai se sustentar por muito tempo. Realmente temos um cenário de aumento dos juros a curto e médio prazo no Brasil. Com isso, o segmento de crédito por meio de consórcios e consórcios já contemplados tende a se tornar ainda mais relevante dentro do mercado brasileiro.

Em 2021 aposte no consórcio!

O consórcio é um produto que não para de crescer, e não é a toa. Essa forma de crédito criada no Brasil vem crescendo devido a sua qualidade. É um produto de extrema qualidade e que pode te ajudar muito a conquistar seus sonhos e objetivos! Basta você entender o que é melhor para você dentro desse universo.  Cada dia mais o financiamento se torna menos competitivo perante os valores do consórcio, e esse ano, devido ao aumento que vem sendo estipulado na taxa Selic, essa diferença deve se tornar ainda mais gritante e notável.

As parcelas de um consórcio podem ser definidas de acordo com o que cabe no seu bolso. Além disso, não há juros pesando sobre as parcelas, apenas as taxas administrativas. Se compararmos com uma das principais formas de adquirir crédito no Brasil, o financiamento, fica fácil visualizar o quanto consórcio é mais barato, basta calcular o valor total pago no final daquela operação.

Como o consórcio pode te ajudar?

Quando se trata de consórcios, pouca gente entende mais do que a ConsorcioCred que é atuante no mercado de consórcios a mais de 15 anos.

Através da ConsorcioCred é possível você comprar novas cotas que se adequem exatamente a necessidade que você procura de forma fácil e rápida, basta clicar no link que condiz com a sua necessidade.

O processo 100% digital e humanizado da ConsorcioCred teve o efeito de aproximar os consorciados nesses tempos de pandemia, contribuindo de forma inestimável para esse mercado em ascensão.

Conheça os depoimentos verídicos de clientes e parceiros que fizeram negócio com a ConsorcioCred.

Para mais informações e dúvidas, entre em contato conosco e fale com um de nossos especialistas em consórcio.

Ligue agora: (11) 3105-3500 ou entre em contato pelo Whatsapp.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *